sábado, 15 de abril de 2017

RESISTÊNCIA A INSULINA - Toxemia intestinal - O que pode agravar o Diabetes

O que pode agravar o diabetes ?
Stress: Todo o estresse desencadeia a adrenalina e noradrenalina e o cortisol, todos eles hiperglicêmicos,
O  cortisol  e os tratamentos prolongados com corticosteroides também apresentam o efeito secundário de hiperglicemia e a resistência à insulina,
O dormir menos de oito horas,

Esportes extenuantes também são considerados estressantes. 

ALIMENTAÇÃO
Cada um é um, alguns indivíduos  não tem facilidade para metabolizar grandes quantidades de hidratos de carbono a longo prazo, sem desenvolver problemas de saúde.

A dieta atual no mundo industrializado, cheio de amido e açúcar força muito o pâncreas que vai se cansando e se desequilibrando.

Várias  tribos indígenas da América do Norte, com esses novos hábitos alimentares das sociedades industriais estão adquirindo diabetes e obesidade. Chama a atenção impressionante  os índios O'odham Tohono de Arizona - tribo onde mais de 40% dos membros têm diabetes, Há quarenta anos atrás isso não acontecia.

Foco no metabolismo de proteínas: a ingestão de proteínas também estimula secreção de insulina e a ingestão excessiva de proteínas também tem ligação com a resistência a insulina.
• As gorduras trans e óleos vegetais de girassol, de soja, de açafrão, etc. promovem  inflamação e a resistência à insulina. Vale repensar no uso e perceber como esses itens estão presentes no nosso dia a dia. Vale ler os rótulos.

• As gorduras trans e óleos vegetais de girassol, de soja, etc. promovem  inflamação e a resistência à insulina. Vale repensar no uso e perceber como esses itens estão presentes no nosso dia a dia. Vale ler os rótulos.

A acidose crônica latente: mais de 70 anos conhecida pela acidez sanguínea o que piora a absorção da glucose  pelos tecidos (Pende 1936).

As deficiências de vitaminas e oligo elementos: há uma grande quantidade de evidências que mostram claramente que a deficiência de zinco,Magnésio e cromo são um denominador comum em todos os diabéticos. Com a suplementação nesses nutrientes a melhora é significativa.
 SKRILL - MAIS SOBRE EM: 

MAGNOVITAL - MAIS SOBRE EM:

Toxemia intestinal: A medicina biológica nos mostra a causa da maioria das doenças que afligem a humanidade são ocasionadas pela deficiência da  função correta da digestão.

Quando o Intestino delgado está sem sua camada de proteção com um excesso de patogênicos, com disbiose, putrefação dos alimentos ... O que significa tudo isso? Isso significa que são gerados numerosas toxinas, entre entre elas o lipopolissacárideo - L (LPS)  estes tóxicos  atravessam a mucosa intestinal e entram na corrente sanguínea afetando o funcionamento de todos os órgãos incluindo o pâncreas.



E a FRUTOSE  ??
O consumo de mais de 20 a 30 gramas por dia pode ajudar a aumentar o triglicérides, pressão arterial e ácido úrico, bem como acentuam a geração de resistência à insulina e o stress oxidativo. Os produtos adoçados com frutose, apesar das propagandas, têm inúmeros efeitos colaterais e agravam a resistência à insulina.

Mesmo o stevia e xilitol ou açúcar de bétula usar com moderação.

Suplementos: Vale ressaltar aqui que não vivenciei o uso desses suplementos e deixo aqui a sugestão de consultar um profissional capacitado a prescrever as doses corretas.

Vitamina B2 (300 mg.): 1 cápsula de pequeno-almoço, porque ajuda a eliminar metanol.

Coenzima Q10 (30 mg.): 2 cápsulas ao pequeno-almoço, almoço e jantar, para estimular a síntese e secreção de insulina.

Arginina (300 mg.): 1 cápsula meio da manhã com o estômago vazio,também para ajudar na excreção de metanol.

Picolinato de cromo (200 mcg): 1 no almoço e 1 no jantar. O cromo é essencial para ajudar a insulina nas células.

Manganês (10 mg.): 1 na hora da refeição.

Ácido tióctico (350 mg.): 1 cápsula por dia na refeição.O ácido thioctic aumenta a sensibilidade à insulina, bem como ajudar a excretar metais pesados nas células.

MSM (50 mg.): 1 cápsula no café da manhã, almoço e jantar. Ela nos ajuda a remover metais a partir do meio extracelular.

Complexo B: 1 cápsula no café da manhã. Reduz o risco de retinopatia diabética.



Diabetes - causa interna - emoções,Conscientizando Diabetes.


Como podemos ver em várias colocações o Diabetes é uma patogenia bem complexa que envolve várias questões - alimentação, estresse, emoções, o controlar tudo (o Diabético as vezes nem percebe o quanto é controlador (de si mesmo) acaba vivenciando o controlar tudo - glicemia, horários, alimentação etc. 
Vale refletir sobre e viver mais light com doçura por si. Sabe, com o uso do GFU a pessoa equilibrando suas energias ela cria condições para perceber como está "mantendo" essa situação - estar com o Diabetes.

Existem tantas possibilidades de cura. Eu não acredito que uma doença não tenha cura.

Com a Terapia Integrativa aonde a pessoa usa o aparelho GFU 1 dia sim e pula 2 (3 vezes 7 minutos) e após 1 mês repõe os nutrientes perdidos, vários casos solucionados!!!

Mais sobre o diabetes em:
http://diabetescausasesintomas.blogspot.com.br/

O Dr. Cargile diz também, que a acupuntura sozinha não é suficiente no tratamento do diabetesEla ajuda e MUITO, mas não extermina os seres vivos patogênicos e os metais pesados.  Nesses anos de acompanhamento de pacientes com Diabetes ficou muito claro o retorno da saúde deles com o uso do aparelho nos pontos de acupuntura e em conjunto com a acupuntura.  

Diabetes - Causa PROVÁVEL: Sonhando com o que podia ter sido ou tido. Grande necessidade de controlar. Tristeza profunda. Não resta nenhuma doçura. 

 As vezes é difícil para a pessoa perceber. Mas leia com a mente aberta.

-Você vira e mexe está pensando no passado? 


-Por vezes pensa poderia ter agido assim ou assado (meio que se arrependendo da maneira como agiu?) ? 

Uma necessidade de controlar principalmente a si mesmo, não falando o que sente...fazendo cara de paisagem quando está meio na tristeza  chega alguém perto...

Uma tristeza profunda que você não identifica da onde vem, parece que tá lá atrás ... tão distante que parece que foi em outras épocas....


NOVO PADRÃO DE PENSAMENTO: Este instante está cheio de alegria. Agora escolho vivenciar a doçura do HOJE


Sei lá... eu diria solte tudo, deixa ir. Já passou mesmo!

Escolha viver o Aqui e o AGORA com alegria.

SINTA a alegria fazendo algo que gosta ou fazendo qualquer coisa com gosto. Experimente. É um bom começo!!!


No âmbito metafísico o diabético é um indivíduo que tem um histórico de vida com várias frustrações e sofrimentos, que o tornaram triste. E sem perceber sente rancor e fica pessimista

Alguns estudos colocam que a pessoa perdeu o gosto pela vida. O gosto do doce...de tanto fazer pelos outros e pouco para si, perdeu esse contato de viver no gostoso para si fazendo o que gosta.

Quando se faz essa colocação é bom esclarecer que se parte do sentir que a pessoa tem uma capacidade interior de lidar com as situações numa boa, ela tem dentro de si o conhecimento.

Pode apresentar em alguns casos uma  fisionomia cansada e sofrida que revela a sua árdua trajetória. Alguns tentam disfarçar seu emocional abalado, mostrando-se alegres, mas não conseguem se desprender das mágoas. Dificuldade em "soltar". 
Soltar o passado..deixar ir. Perceber que você tem esse conhecimento e se voltar para o presente fazendo para si. Muito interessante no acompanhar usuários com Diabetes e o relato de dormir mais profundamente e ter sonhos liberando dores, mágoas, tristezas, angústias sem sentir dor. Como se fosse um filme onde tem uma folha passando em um rio...a folha passa e mostra que passou.... Muito lindo!!!


Se você estiver disposto a se reformular interiormente e sair dessa condição, o primeiro passo é não se colocar como vítima; Esse se colocar é algo tipo assim:  aconteceu isso..aquilo...ficar repetindo e contando a sua história. O recontar, o reviver é = RE sentir = ressentimento

O que vai ajudar é o  reconhecer que hoje vc. sabe que é responsável por vc. Perceber que a Diabetes está te mostrando tudo isso. Nessa aceitação de si mesmo vc. pode ajudar a reverter a patogenia. 
Use a Eletroterapia para ajudar na recuperação dos sistemas e ter a força/energia vital para promover essas mudanças. Se ajude!

Obviamente você não agiu com a intenção de ter resultados que não foram os que vc. esperava. Exemplo: ao ser magoado você atribui ao outro a causa dessa mágoa, mas quem alimentou esperanças e expectativas que o decepcionaram, foi você; se os outros o fizeram sofrer é porque você abriu mão do seu poder de escolha, permitindo que eles determinassem as "regras do jogo". O simples ...sempre. Aceitar o outro como ele é, pensando do jeito que quer pensar. O que ele pensa está na cabeça dele...não deixe isso ir para vc. Na realidade não é importante o que o outro pensa. São apenas referências para que, se quisermos checar as nossas verdades. O mundo seria muito sem graça se todas as casas fossem azuis.

A condição interna causadora da diabetes, não se resume somente a algumas decepções, mas sim, em não se desprender dos episódios ruins do passado. Essas bagagens nocivas a sua boa atuação no presente, compromete a capacidade de apreciar as pequenas coisas que acontecem ao redor. Por vezes nem percebemos como estamos vivendo lá atrás. Acreditando em coisas que nos foram faladas e que nem sequer sentimos se serviam para nós antes de aceitá-las como verdade. Vale deixar tudo que passou no seu devido lugar: No passado. 


Em segundo lugar resgate a docilidade e o sabor pela vida;  se estiver distante de tudo isso....comece devagar. Observe uma planta nascendo, uma criança sorrindo. Aos poucos abra seus horizontes para a vida. Veja o nascer do sol...o por do sol e RESPIRE!!!volte a confiar em si mesmo. Acredite, o pior já passou, abra-se para as perspectivas favoráveis do presente e viva intensamente o aqui-agora. Encare os fatos vividos como intensos desafios que o fortaleceram interiormente; sinta-se vitorioso por ter transposto as experiências tão dramáticas.Ou, simplesmente, deixe tudo ir. Simplifica! Goste de vc. do jeitinho que vc. é!


Lembre-se, nem sempre o vitorioso é aquele que atingiu seus objetivos, muitas vezes a vitória está no fato de superar intensos desafios, sem perder a dignidade.

Procure apoiar-se em si mesmo. Não dependa das condições externas para melhorar seu humor. Resgate o potencial do ser. Aprimore a qualidade interna, e aprecie com mais ênfase as situações que te cercam. Abandone o pessimismo e assuma o otimismo, que a vida vai melhorar, e a saúde fará parte de seus dias.

domingo, 2 de abril de 2017

Catarata e Sorbitol

Segundo Virgilio Centurion, a incidência de catarata realmente é maior na população diabética devido ao sorbitol (poliálcool resultante do metabolismo do açúcar), que se acumula no cristalino.

"Já em situações de hiperglicemia, o cristalino absorve água e é ampliado, provocando miopia no paciente. À medida que a taxa de açúcar no sangue volta aos níveis normais, o cristalino se desidrata e retoma o tamanho original.


 A repetição dessa situação, no entanto, altera as fibras da estrutura do cristalino, resultando em opacificação", detalha sobre mais um fator que leva à predisposição dos diabéticos a sofrer com a catarata mais cedo e com mais freqüência. 

A falta de controle da glicemia pode ainda afetar exames de refração, acusando uma miopia que não existe ou em um grau maior, se comparada com a miopia apresentada com a glicemia equilibrada. 


O especialista alerta que é muito importante o oftalmologista ter informações precisas sobre a taxa de glicemia do paciente antes de prescrever os óculos. 

O segredo para evitar as complicações oculares do diabetes é o controle rigoroso dos níveis de glicemia. O usar o GFU ajuda MUITO neste controle. 


http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/x_23.html

"O controle do diabetes requer visitas constantes ao oftalmologista. A harmonia de ação entre este profissional e o demais especialistas que acompanham o paciente é fundamental", frisa Virgilio. 

sábado, 18 de março de 2017

Diabetes - uma forma diferente de ver

Glúten e o Diabetes - Deixar de consumir glúten aumenta risco de diabetes, diz pesquisa


Uma pesquisa feita por uma das universidades mais renomadas nos Estados Unidos aponta que deixar de consumir glúten, a proteína presente em cereais como o trigo, aumenta o risco de diabetes.

O glúten saiu do cardápio da Andressa Motta há seis anos. “Eu me sentia muito mal, eu sentia enjôo, sentia minha barriga inchada, cólica. Às vezes, eu tinha diarréia, tinha que ficar o dia inteiro no banheiro”, contou a estudante de nutrição.

Andressa é daquelas pessoas que têm sensibilidade ou intolerância ao glúten e descobriu isso com ajuda da médica. “E sugeriu tirar o glúten para fazer teste para ver se era realmente isso que incomodava e eu parei de sentir todos os sintomas”.

Nas prateleiras, é cada vez maior a oferta de produtos que não contém glúten, uma proteína presente no trigo, na cevada e no centeio. Mas especialistas alertam: a dieta sem glúten só deve ser recomendada para os pacientes com doença celíaca, uma inflamação na parede do intestino causada pela reação ao glúten.

Algumas pessoas podem ter intolerância a essa proteína, mas não chegam a apresentar a inflamação. E, nesses casos, os médicos avaliam se vale a pena retirar totalmente o glúten da dieta.

Ao cortar o glúten da alimentação, a pessoa normalmente desincha e emagrece, porque deixa de ingerir a farinha de trigo. Mas nenhuma dieta deve ser feita sem orientação, porque você pode achar que se livrou de um problema, mas corre o risco de criar outro mais sério. 

O diabetes tipo 2, por exemplo. É o que aponta um estudo feito pelo Departamento de Nutrição da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.
Uma pesquisa feita com 200 mil pessoas em 30 anos mostrou que o risco de desenvolver a doença era 13% maior entre as que não comiam alimentos com glúten. O motivo? Ao abandonar o glúten, ingeriam menos fibras.

“A ingestão adequada de fibras na alimentação faz com que o carboidrato seja absorvido de uma forma mais lenta, com isso melhorando, diminuindo as taxas de glicose na corrente sanguínea”, afirmou o endocrinologista Daniel Kendler, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Por isso quem evita o glúten deve compensar a dieta com alimentos ricos em fibras, como as frutas, legumes com casca, arroz integral.

“A alimentação saudável sem dúvida nenhuma é aquela variada. Só na variabilidade, na variação dos alimentos é que a gente vai conseguir fornecer todos os nutrientes necessários para uma vida saudável”, afirmou o endocrinologista.

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2017/03/deixar-de-consumir-gluten-aumenta-risco-de-diabetes-diz-pesquisa.html

  • Mestre em Endocrinologia e Metabologia pela UFRJ.
  • Doutorando em Endocrinologia e Metabologia pela UFRJ.
  • Médico do Serviço de Diabetes do Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione (IEDE).
  • Professor adjunto de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade Estácio de Sá.
  • Tesoureiro adjunto da SBEM-RJ, biênio 2015-2016.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Escolha alimentos com baixo índice glicêmico.


 Escolha alimentos com baixo índice glicêmico.

O índice glicêmico (GI) é um sistema de classificação de alimentos voltado ao quanto eles elevam os níveis de glicose no sangue. 

 - Quanto menor o número de GI, menos o alimento aumenta o açúcar no sangue.



O GI é um pouco confuso e até mesmo um pouco controverso. Mas, em geral, ele leva você a alimentos saudáveis. Por exemplo, legumes, grãos integrais, feijão e alimentos ricos em fibras tendem a cair mais baixo na escala glicêmica, enquanto os alimentos processados ​​e refinados e doces são mais elevados.

Alguns alimentos om IG baixos:
Nozes - Pontuação IG = 15

As nozes são adições fantásticas para saladas e também para comê-las sozinhas. Sua pontuação de IG é muito baixa, tornando-as ideais à sua dieta se você estiver preocupado com os seus níveis de açúcar no sangue.

Brócolis - Pontuação IG = 10

Embora você possa ter odiado comer brócolis quando era criança, esse vegetal oferece uma infinidade de benefícios para a saúde, como por exemplo, ter a capacidade de reparar o dano causado pelo excesso de açúcar no sangue aos seus vasos sanguíneos.


Ovos - Pontuação IG = 0

Ovos são bons para a sua saúde e definitivamente não vão elevar os seus níveis de açúcar no sangue. Sua pontuação de IG é zero, então isso significa que eles são completamente livres de glicose.



Como você pode ver nos itens acima, é muito importante manter o controle das deficiências e excessos de sua dieta. Esteja ciente do que você está colocando em seu corpo, de modo que você não acabe sobrecarregando-o com todo o açúcar que os fabricantes de alimentos adicionam a seus produtos.

Use gorduras boas.

Use gorduras boas.

Se alimente com alimentos da estação e do local aonde você mora. Para dar mais sabor usar o azeite extra virgem e outras gorduras boas como por exemplo, a gordura de coco.

Atente sobre gorduras saturadas e gorduras trans.
- Limite as gorduras saturadas a menos de 7% e as gorduras trans a menos de 1% do total de calorias; 

- Restringir a ingestão de colesterol a menos de 200 mg / dia. Faça isso limitando a carne gorda e os produtos lácteos gordurosos (que fornecem gorduras saturadas e colesterol) e alimentos processados ​​(que tendem a ser embalados com óleos parcialmente hidrogenados, também conhecidos como gorduras trans).
MAIS SOBRE AS GORDURAS EM:

http://gfugeradordefrequencia.blogspot.com.br/2011/03/8.html